Nosso Blog

Implantes Zigomáticos

O Implante Zigomático é uma ótima opção para pacientes com perda óssea acentuada e que não querem passar por procedimentos de enxertos ósseos. Com a função de servir de ancoragem para próteses dentárias, são implantes de titânio fixados no osso zigomático por um acesso intrabucal.

Conforme o nível de complexidade do caso aumenta, mais difícil fica a possibilidade da instalação de implantes ditos convencionais. Existem algumas situações em que os pacientes possuem uma quantidade óssea mínima e insuficiente para receber estes implantes. Para estes casos, são indicados os Implantes Zigomáticos, implantes mais longos que os tradicionais, utilizados nos casos de extrema perda óssea (verificada através de exames radiográficos e tomografias).

O procedimento consiste na instalação de dois a quatro implantes convencionais na região anterior (parte da frente da maxila) e um implante zigomático de cada lado do paciente. O número total de implantes instalados será suficiente para o suporte de 12 dentes fixos.

Para os casos de perda óssea severa, em que até mesmo o osso da região anterior (parte da frente da maxila) é insuficiente, é feito o uso de quatro implantes zigomáticos, sendo dois implantes fixados em cada osso zigomático.

Geralmente os procedimentos são iniciados pela manhã, permitindo ao paciente ir para casa no começo da tarde do mesmo dia, sem a necessidade de internação hospitalar. Mas os casos são avaliados individualmente, prezando sempre pelo melhor pós-operatório.

Ficou com alguma dúvida? Agende uma avaliação!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin